Consulta virtual (Teleconsulta) ou presencial
(31) 3241.2123

Saúde mental feminina

Saiba quais fatores podem agravar a saúde emocional e conheça algumas dicas para se cuidar melhor

Os transtornos mentais podem afetar mulheres e homens de maneiras diferentes, embora alguns sejam mais comuns em mulheres, como depressão, ansiedade e transtornos alimentares. Há também certos distúrbios que são exclusivos das mulheres, como a depressão que surge em momentos de alterações hormonais durante ou após a gravidez (depressão pós-parto), na época da menstruação (transtorno disfórico pré-menstrual) e durante a menopausa (depressão relacionada à perimenopausa).

Estima-se que cerca de uma em cada cinco mulheres tem um problema comum de saúde mental, como depressão e ansiedade.

Diante desse quadro, é fundamental cuidar da saúde mental feminina em todas as fases da vida. No texto a seguir, falamos com mais detalhes sobre este tema.

Agende sua consulta com a psicanalista Yumara Siqueira!

Importância de falar sobre saúde mental feminina

Além dos aspectos sociais, as mulheres também são conhecidas por serem as principais responsáveis por práticas de cuidado com o próximo, seja um familiar, o cônjuge, filhos ou amigos, o que naturalmente sobrecarrega a saúde mental feminina em algum momento da vida, com impactos diferentes em cada mulher.

Além disso, a mulher ainda tem que lidar com os desafios da vida profissional e com a dupla jornada de trabalho em casa.

Esses fatos só comprovam o quanto é fundamental que a saúde mental da mulher seja um tema mais discutido e que sejam buscadas alternativas que foquem na melhoria da qualidade de vida e da saúde feminina.

Fatores agravantes dos transtornos mentais da mulher

A saúde mental da mulher é mais propensa a ser impactada do que a dos homens devido a diversos fatores e situações que a mulher vivencia durante sua vida, como:

Alterações hormonais

As oscilações hormonais durante o ciclo menstrual e ao longo da vida da mulher, como nos períodos que envolvem a gravidez e a menopausa, têm impacto direto na saúde mental feminina. Especialistas apontam que, em comparação com os homens, as mulheres têm de duas a três vezes mais chances de desenvolver um transtorno depressivo e ansioso quando estão em idade reprodutiva.

Traumas e abusos

O abuso — seja físico, emocional, verbal ou sexual — pode ter efeitos a longo prazo na sua saúde mental feminina. O trauma pode afetar a maneira como a mulher se sente em relação a si mesma e em como ela se relaciona com os outros.  Mulheres que passaram por abuso ou outro trauma têm um risco maior de desenvolver uma condição de saúde mental, como depressão, ansiedade ou transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).

Puerpério

Existem três tipos de transtornos psiquiátricos que podem ocorrer no pós-parto, impactando negativamente a saúde mental feminina. O mais comum é a tristeza pós-parto, também conhecido como blues puerperal, que atinge até 60% das mães. Além dele, há a depressão pós-parto e a psicose pós-parto. Nesses casos, os sintomas são mais fortes e podem durar mais tempo.

Estresse crônico

O estresse crônico pode afetar a saúde mental feminina favorecendo um quadro de depressão e ansiedade. Pesquisas sugerem que as mulheres podem sentir mais os sintomas de estresse do que os homens, o que aumenta o risco de depressão e ansiedade.

Cuidados essenciais para a saúde mental feminina

Existem algumas atitudes que ajudam a manter a saúde mental feminina em equilíbrio. Conheça algumas delas.

Autoconhecimento

Buscar o autoconhecimento é uma das principais maneiras de perceber quando nosso corpo não está em equilíbrio, o que pode levar ao desenvolvimento de diversas doenças físicas e mentais. O autoconhecimento ajuda a evitar maiores problemas emocionais e a reconhecer quando precisamos de ajuda para lidar com algo que esteja gerando sofrimento e impactando a saúde mental feminina.

Estabelecer limites

Como dito anteriormente, a mulher é conhecida por exercer e assumir diversos papéis em sua vida: de mãe, profissional, esposa, filha e amiga. Lidar com todos eles não é uma tarefa fácil e acaba, na maioria dos casos, em longo prazo, impactando a saúde mental da mulher. Para evitar doenças como depressão e ansiedade, além de outros transtornos psiquiátricos, é preciso aprender a estabelecer limites e dizer não. Priorizar o que realmente é importante em determinados momentos pode ajudar a manter o estresse e a ansiedade controlados.

Praticar exercícios físicos

A atividade física pode ajudar a saúde mental da mulher de diferentes maneiras:

  • O exercício aeróbico pode melhorar o humor: o corpo produz certas substâncias químicas, chamadas endorfinas, durante e após o treino. As endorfinas aliviam o estresse;
  • Fazer atividade física durante o dia pode melhorar a qualidade do sono;
  • A atividade física pode ajudar nos sintomas de depressão e ansiedade;
  • A atividade física pode ajudar a retardar ou reduzir o ganho de peso, que é um efeito colateral comum de alguns medicamentos usados para tratar condições de saúde mental;
  • A atividade física regular pode beneficiar a saúde como um todo a longo prazo.

Manter relacionamentos saudáveis

Focar em relacionamentos saudáveis, com amigos, parceiros e familiares, é fundamental para manter a saúde mental da mulher. Manter a saúde emocional em equilíbrio depende da qualidade dos relacionamentos. Contar com uma rede de apoio que possa oferecer o suporte necessário quando a mulher precisa é fundamental para a saúde mental feminina.

Fale sobre seus sentimentos

Não deixe de expor seus sentimentos quando algo a incomoda. Quando vivenciamos uma situação difícil, conversar com alguém pode ajudar a encarar o momento de maneira mais leve e a encontrar soluções que não conseguíamos ver quando guardamos o problema apenas para nós.

Buscar ajuda profissional

Existem momentos em que os cuidados com a saúde mental feminina precisam ser oferecidos por um especialista. Se você está percebendo sintomas e sinais que podem indicar um transtorno mental e não consegue sair da situação sozinha, ou que os sintomas estão se agravando e prejudicando sua rotina de vida, é hora de procurar por um profissional de saúde para ajudá-la.

Conte com a Dra. Yumara Siqueira

A Dra. Yumara Siqueira é médica psiquiatra e psicanalista e atua no diagnóstico, tratamento e acompanhamento de diversos transtornos que impactam diretamente a saúde mental da mulher, como depressão e ansiedade.

Em seu consultório, ela oferece um atendimento humanizado que considera o paciente de maneira integral para que o tratamento mais adequado possa ser oferecido.

Agende sua consulta com a Dra. Yumara.

 

Fontes:

Office of Women’s Health

Revista Hospitalar

Portal Psiquiatria da Mulher 

153 OPINIÕES
35 AVALIAÇÕES

Agendamento Online

Agende agora mesmo uma consulta via Telemedicina ou Presencial, através do Doctoralia!

AGENDAR CONSULTA

ONDE ESTAMOS

Rua dos Aimorés, 3018, Sala 701 Barro Preto, Belo Horizonte - MG | CEP: 30140-073

CONTATO

(31) 3241.2123
contato@pontodemutacao.com.br
SIGA-NOS!
Copyright © - Dra. Yumara Siqueira de Castro 2024.
Todas as informações publicadas neste site têm cunho educacional, sendo que todos os conteúdos são previamente revisados pela Dra. Yumara Siqueira de Castro, CRM-MG 22767 / RQE 20493, e não podem ser consideradas diagnóstico. Para tal, é necessário consulta e exames preliminares.